27 de outubro de 2011

O Amor

Quanto mais te conheço, mais te amo. És sempre uma novidade. O último dos teus beijos é sempre o mais doce, o último dos teus sorrisos o mais cintilante, o último instante o mais gracioso.


Excerto de uma carta de amor de J. Keats para Fanny Brawne, 1820

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Imagens/Pictures

Todas as fotografias aqui publicadas, salvo alguma referência em particular, são retiradas da internet. Agradeço que me informem, via e-mail, caso alguma esteja protegida pelos direitos de copyright. Retirá-la-ei de imediato.

Almost all pictures posted here are taken from the internet. If you have copyright over any of them, send me an e-mail and I will take it out.

RegistoCriativo Copyright 2008 Shoppaholic Designed by Ipiet Templates Image by Tadpole's Notez