13 de novembro de 2011

A minha princesinha...

... num momento de aflição.
"Tia, ajuda a Bea."

Há alturas em que só me ocorre dizer...

...Por que no te callas?

Ai, Senhor!! Então está bem...

... desde que se entendam...
Shaquille O'Neal e a sua mais recente namorada.

Comportamentos inaceitáveis

Confesso que tenho alguma dificuldade em compreender determinadas atitudes.
Todos nós sabemos que existem pessoas ciumentas, umas mais do que outras. Considero até que o ciúme, quando saudável, ajuda a "apimentar" um relacionamento. Todos nós gostamos de sentir-nos desejados e de saber que o nosso amor procura salvaguardar o que tem de mais precioso.
As coisas complicam-se quando os ciúmes passam a ser doentios. Quando alguém entende que, pelo simples facto de partilhar a sua vida com alguém, adquire o direito de controlar o "outro" ao ponto de impedir que o(a) parceiro(a) converse com os amigos. Revistam-se documentos, controlam-se mensagens e telefonemas, escutam-se conversas, etc...

Casos há em que existem fortes motivos para desconfiar da pessoa que está ao nosso lado. Ou porque já houve antecedentes que justificam essa desconfiança ou porque a pessoa alterou a sua postura e modo de agir, mas nessas situações, só há duas coisas a fazer:
- Esclarecer definitivamente as questões que nos preocupam e colocar uma pedra sobre o assunto;
- Pôr um ponto final na relação, quando adquirimos a noção de que aquela pessoa não nos faz feliz.

Tenho presenciado várias situações absolutamente lamentáveis.
Nalguns casos, uma das partes está devidamente identificada como sendo um(a) predador(a).
Tendo consciência da companhia que tem ao seu lado, a outra parte sente-se insegura e vive preocupada as 24 horas do dia. Procura estar a par de todos os passos que a sua cara-metade dá, coloca questões e desconfia de tudo o que lhe é dito.
Considero este género de relacionamentos pouco saudáveis. Um verdadeiro inferno!

Noutras situações, existe uma "vítima" que é perseguida, molestada e importunada por alguém que sofre de uma enorme falta de confiança em si próprio e que chega a temer a própria sombra.
É muito triste viver ao lado de alguém que, sem motivos para tal e por tudo e por nada, é capaz de gerar polémicas e desconfianças sem qualquer fundamento.
Pessoas há que mais parecem um rottweiler enfurecido quando se apercebem que o(a) companheiro(a) está a conversar com alguém ou tem uma nova amizade. Numa fase de desespero absoluto, interferem em todas as conversas e fazem de tudo para marcar presença. Estes comportamentos parecem-me vergonhosos para quem os pratica e geradores de mal-estar para a pessoa que é vítima deles.

Tenho o hábito de dizer que preferia comer uma sopa e pão com manteiga a partilhar os meus dias com alguém assim.

Não suporto homens vadios e mulherengos e como não sou assim, também não permitiria que me infernizassem a vida com desconfianças injustificadas.
Pronto. Já mandei o meu bitaite.

Think Pink

Pára tudo. Já !

A marca "Evolution Man" colocou no mercado uma linha de vernizes direcionada para homens. 
Eu pergunto: Qual será o próximo produto a ser lançado? Batom? Blush? Rímel? Eye liner?
Ó meus amigos, "FÁXAVOR"!!
Qualquer dia, as senhoras começam a deixar crescer a barba. Já agora...

O momento Zen do meu dia

27 de outubro de 2011

Vão ser divulgadas novas medidas de austeridade? Who cares? Amanhã é Sexta-feira!!!

Paul Walker

Dos sapatos de salto alto

Creio que, até esta data, sempre soube ter algum bom senso e procurei nunca usar o que não condiz comigo.
Agrada-me tudo o que seja discreto.
Opto sempre pelo estilo clássico conjugando-o com algumas peças mais jovens.
Esforço-me por usar calçado elegante, mas confortável. Adoro sapatos de salto alto, mas conheço as minhas limitações. Apesar de passar horas a admirá-los nas vitrines das sapatarias, evito sempre perder a cabeça. Para não ter de fazer estas figuras...

O Amor

Quanto mais te conheço, mais te amo. És sempre uma novidade. O último dos teus beijos é sempre o mais doce, o último dos teus sorrisos o mais cintilante, o último instante o mais gracioso.


Excerto de uma carta de amor de J. Keats para Fanny Brawne, 1820

Das coisas que se usam mas que eu não pretendo usar

Botas de cano por cima dos joelhos. Não favorecem ninguém. 
A não ser que nos queiramos tranformar numa espécie de
Julia Roberts no inesquecível "Pretty Women".

Verdade!

Sempre desconfiei de manifestações sentimentais exageradas. São, no meu entender, reveladoras de imaturidade ou de falta de compostura.

Foi por um triz

À medida que os anos vão passando, o meu cachorro vai ficando mais refinado. No comportamento e nos gostos.
Não comeu a bola de Berlim que comprei para o meu lanche... só porque não calhou.

O melhor do meu dia

A Beatriz, a olhar para o meu portátil: Tia, posso ver o Nimie?
Eu: Beatriz, o que é o Nimie, querida?
A Beatriz olha para mim, perplexa, como se eu fosse muito burrinha: O Nimie, tia. O Nimie. O rato.
Resolvi pensar... Rato... Nimie... Minnie... Mickey... Será?
Eu: Beatriz, será o Rato Mickey que queres ver?
A Beatriz sorriu, envergonhada: Sim, tia!! É esse.

Ainda o Facebook

Considero hilariante o comportamento de algumas pessoas nas redes sociais.
Eu utilizo o Facebook, mas não tenho o hábito de comentar pormenores da minha vida privada que não devam ser do conhecimento geral.
Adoro uma boa brincadeira, particularmente com pessoas que o sabem fazer e sempre dentro do devido respeito.
É com alguma admiração, pois, que vou acompanhando algumas situações que considero... caricatas. E olhem que vê-se de tudo!
Pessoas que utilizam o mural para darem conhecimento aos "amigos" que vão à casa de banho ou fumar um cigarro; Casais que reatam e terminam os relacionamentos "em directo, ao vivo e a cores" utilizando, por vezes, insultos e vocabulário menos próprio; Outros há que chegam ao cúmulo de quase dizerem o que fazem entre as quatro paredes do quarto; E ainda existem os que utilizam estas novas tecnologias para o "engate". Puro e duro. Sobre este aspecto, deixo um apelo às moçoilas. Preservem-se. Não mostrem tudo. Evidenciem o rosto e protejam as restantes partes do corpo. Tenho visto fotos de perfil com senhoras praticamente nuas, a roçar o pornográfico. Sobre a publicação destas imagens só vejo uma "vantagem"... não escondem ao que vêm. São transparentes. Em vez de pagarem anúncios de jornal, utilizam o "Face". Ok.
Oh God! Menos minha gente. Menos. Apre!!

True!

E ali estava ela a desculpar-se por ele estar sempre ausente nos seus dias de folga.
- Sabes, é que ele adora futebol e todos os sábados tem de ir jogar com os amigos.
Meus amores, quando um homem com quem namoram há pouco tempo deixa de estar convosco no dia em que vocês têm maior disponibilidade para estar com ele, só para ir jogar futebol com amigos, esqueçam lá isso. Ele não está assim tão interessado. Porque se estiver, no calor daquela paixão inicial, borrifa-se para tudo e só quer é estar convosco.
Já mandei o meu bitaite.

Pois...

É inacreditável que se façam cortes e mais cortes em salários de menos de mil euros e ainda haja "alguns" (MUITOS) a beneficiarem de imensas mordomias e de de subsídio de alojamento.
Ainda que seja um direito que lhes assiste contemplado na lei.
É que o décimo terceiro e o décimo quarto mês de salário dos trabalhadores do Estado também estão contemplados na lei e foram cortados.
Caríssimos, o exemplo deve vir de cima!!!

10 de outubro de 2011

Quando penso em ti...

... fecho os olhos de saudades!

Deixei de ouvir-te...

... e sei que sou mais triste com o teu silêncio.
Preferia pensar que só adormeceste; mas se encostar ao teu pulso o meu ouvido não escutarei senão a minha dor.
Deus precisou de ti, bem sei. E não vejo como censurá-lo ou perdoar-lhe.
Onde quer que estejas... AMO-TE MUITO, PAI. Não imaginas a falta que me (nos) tens feito :(

Saudade...

... é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.
Martha Medeiros

5 de outubro de 2011

A minha princesa

Passámos um dia fantástico!
A Beatriz: "Ó minha tia, gosto muito de tu!"
Esta menina tem o dom de transformar um dia cinzento num fantástico dia de Sol. E é por isso que eu a amo tanto!

1 de outubro de 2011

Desejo-te tempo!

Não te desejo um presente qualquer.
Desejo-te somente aquilo que a maioria não tem.
Desejo-te tempo, para te divertires e para sorrir.
Desejo-te tempo, para que os obstáculos sejam sempre superados
e muitos sucessos comemorados.
Desejo-te tempo, para planear e realizar,
não só para ti, mas também para os outros.
Desejo-te tempo, não para ter pressa e correr.
Desejo-te tempo, para te encontrares.
Desejo-te tempo, não só para passar ou vê-lo no relógio.
Desejo-te tempo, para que fiques.
Tempo para te encontrares e para confiares em alguém.
Desejo-te tempo, para tocares as estrelas,
e tempo para crescer e amadurecer.
Desejo-te tempo, para aprender e acertar.
Tempo para começar, se fracassares.
Desejo-te tempo também para voltar atrás e perdoar.
Desejo-te tempo, para ter novas esperanças e para amar.
Não faz mais sentido protelar.
Desejo-te tempo para ser feliz.
Para viver cada dia, cada hora, como um presente.
Desejo-te tempo, tempo para a vida.
Desejo-te tempo. Tempo. Muito tempo!

Quando é que chega o Outono?

Já não suporto tanto calor.

Ai, que me dá uma síncope!

Estou a ficar profundamente triste comigo própria. Isto não é normal. Passa-me tudo ao lado. Já não dou a devida atenção aos pormenores realmente importantes. Será uma característica própria da minha faixa etária?
E não é que já toda a gente o conhece e eu ainda nem sequer tinha ouvido falar do moçoilo?
Diego Pombo. Sim, sim. Esse mesmo! O galã do apito. Eleito ártitro-revelação do campeonato baiano de futebol e apontado como o mais bonito do Brasil.
Um metro e noventa de puro charme e 85 quilos de boa forma.
Os atributos do menino permitiram-lhe ser o mais assediado pela imprensa, cobiçado pelo mulherio e disputado por várias produções de moda. Et voilá!!
Bombinha de oxigénio! Rápido!!

Calma. Eu sou uma moçoila livre e desimpedida. Posso dar-me a estes devaneios.
Seja honesta, vá lá! Quem se importaria de ver um cartão vermelho apresentado por uma carinha laroca como esta? Hem?
Ai, ai, George Clooney. Não tarda nada, passas para segundo plano. Ah pois é!

27 de setembro de 2011

É como me sinto!

Segunda-feira
Terça-feira
Quarta-feira
 Quinta-feira
 Sexta-feira
 Sábado
Domingo


25 de setembro de 2011

É como me sinto!

Feliz! Não me perguntem porquê,
mas acreditem que tenho excelentes
razões para me sentir assim. Grata e reconhecida.

Momentos de puro prazer

A outra face do sonho

Sou de opinião de que, desde cedo, deveríamos ser alertados para as dificuldades da vida. Todos sabemos que alguns têm-na mais facilitada do que outros, mas para a grande maioria, a vida é feita de momentos difíceis cuja resolução requer empenho e dedicação constantes e muito trabalho. Por regra, vencem os mais persistentes e obstinados. 

A minha nunca foi fácil.
Aos oito anos de idade, vi-me obrigada a abandonar a minha terra natal e uma vida bastante confortável para começar tudo de novo, num país que me era completamente desconhecido.
Na companhia dos meus pais e irmãs, abandonei Angola. Como bagagem, trazíamos a roupa que tínhamos vestida. Apenas e só. Para trás, ficou toda uma vida. Projectos inacabados. Sonhos não realizados.
O começo foi difícil. Os hábitos e os costumes não eram os mesmos. Acabámos por sobreviver. As dificuldades mais relevantes foram ultrapassadas. A vida seguiu o seu rumo.

Para concluir a minha licenciatura, vi-me forçada a trabalhar durante o dia e a frequentar a Universidade em horário pós-laboral. Abdiquei de ter vida própria durante anos a fio, mas o sonho concretizou-se.

Dei o meu melhor para educar e acompanhar um filho que é hoje o meu orgulho. A minha razão de viver. O meu melhor Amigo.

Profissionalmente, sinto-me realizada. Faço o que gosto.

Ao longo destes anos, momentos houve em que o desânimo e as dificuldades eram de tal forma acentuados que senti vontade de baixar os braços. De render-me. Não o fiz. Porque foi precisamente nessas alturas e quando eu menos esperava que, vindo não sei bem de onde, surgia o apoio de que eu tanto necessitava. Uma mão amiga era-me estendida e retirava-me do fundo do poço.

A história repetiu-se, uma e outra vez. E volta a repetir-se. Sempre!

Estes episódios sucessivos levam-me a crer que existe uma força maior que sustenta todos estes momentos. Que não será apenas e só a vontade de vencer que me impulsiona e ajuda a seguir em frente. Que me dá a coragem necessária para erguer-me, depois de uma queda.

A minha fé em Deus é inabalável. Estou consciente de que, a Ele, devo tudo o que sou  e tudo o que tenho. A vida, a saúde, a família, os amigos, o trabalho e todos os outros pequenos "mimos" com que vou sendo brindada.

Eu sonho, acredito que sou capaz, esforço-me por concretizar as metas que me proponho alcançar e conto SEMPRE com a Sua ajuda. Reservo-a para os momentos difíceis, de desânimo, mas nunca deixo de acreditar. Porque sei que, quando menos espero, Ele estende-me a mão. Uma e outra vez!

Tenho a noção de que são imensas as pessoas que poderão pensar da mesma forma, por estas ou por outras razões. E felizmente que assim é. Por isso, SONHE, ACREDITE, LUTE E VENÇA.

"Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida,
que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança."
António Gedeão - Pedra Filosofal

Das fotos com vida

20 de setembro de 2011

Eu gosto de fazer palavras cruzadas

Faz parte daquele grupo de pessoas que passam imenso tempo na casa de banho? Então, estas imagens são para si. Dê largas à sua imaginação. Seja criativo e torne esses momentos mais divertidos e descontraídos.
O produto está disponível em vários tamanhos e formatos e pode ser usado por técnicos de todas as áreas: humoristas, músicos, escritores, matemáticos, etc.  

18 de setembro de 2011

Pinóquio? Quem? Eu?

O senhor fartou-se de chamar mentiroso e incompetente ao engenheiro Sócrates. E agora? Pergunto eu. Não deveria ir fazer-lhe companhia? Ajudá-lo a concluir os estudos em Paris? Parece-me que sim. Seria uma atitude sensata da parte do Sr. Dr. Alberto João Jardim deixar vago o cargo que ocupa.
Já não há pachorra para tantas aldrabices. Irra!!
Espero que alguém se lembre de oferecer
um presentinho ao cavalheiro.

I like when you...

Das coisas que se usam,...

...mas que eu não pretendo usar. Que exagero! Um anel deste tamanho já me parece grande demais e vários então, por favor! Creio que preferia trazer ao pescoço umas luzinhas daquelas que compramos para colocar na árvore de Natal.

Em quem pensar, agora, se não em ti?

Tu, que me esvaziaste de coisas incertas,
e trouxeste a manhã da minha noite…

Nuno Júdice (Pedro, lembrando Inês)

Cruzes! Credo!

Victoria Beckham

Dava tudo para vê-la caminhar na calçada portuguesa.
Quem é que, no seu juízo perfeito, segura num bebé ao colo com umas andas como estas nos pés? Ai, Senhor!

13 de setembro de 2011

Notícia do dia!!

A angolana Leila Lopes, de 25 anos, foi eleita na noite de segunda feira (madrugada de terça feira em Lisboa) Miss Universo 2011, numa cerimónia realizada em São Paulo, no Brasil.
A minha conterrânea é linda!! Parabéns Leila (^_^)
 

Imagens/Pictures

Todas as fotografias aqui publicadas, salvo alguma referência em particular, são retiradas da internet. Agradeço que me informem, via e-mail, caso alguma esteja protegida pelos direitos de copyright. Retirá-la-ei de imediato.

Almost all pictures posted here are taken from the internet. If you have copyright over any of them, send me an e-mail and I will take it out.

RegistoCriativo Copyright 2008 Shoppaholic Designed by Ipiet Templates Image by Tadpole's Notez