19 de março de 2011

Um desabafo angustiado

Esta tarde fui abordada, na rua, por uma vizinha. Uma senhora que me conhece de pequena. Aproximou-se tímida e envergonhada. Pediu-me que lhe concedesse alguns minutos.
À medida que o seu discurso ia fluindo, foi-se apoderando de mim uma enorme tristeza, alguma comiseração e uma enorme revolta.
Perguntou-me se eu podia dispensar-lhe algumas roupas usadas do meu filho. Acabou por confessar que estava sem dinheiro, até para comer. Seria, portanto, impensável dar-se ao luxo de procurar adquirir roupas para os filhos e netos que tem a seu cargo.
Mantive-me em silêncio. A dada altura tentei pronunciar algumas palavras, mas em vão. Não imaginam o aperto enorme que senti no peito. E compaixão.
Certamente que não esquecerei as palavras daquela mãe/avó, desesperada, angustiada e num estado de sofrimento que me deu dó.
"Fico com o coração a sangrar quando olho para os meus filhos e netos e os vejo assim, mas não posso fazer mais! Estou cansada e sem forças."
Afastou-se, banhada em lágrimas.
Fiquei atónita, no meio da rua. Sem saber o que dizer, o que fazer. Que revolta, meu Deus!
Como é que uma pessoa já idosa e que vive de uma reforma miserável pode estar sujeita a uma tortura destas?
Os nossos governantes deviam estar preocupados e concentrados na resolução de situações como esta, mas infelizmente não vêem para além do seu umbigo.
QUE NOJO!!!!! A cada dia que passa, aumenta o meu desprezo absoluto pela classe política. São a vergonha deste país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Imagens/Pictures

Todas as fotografias aqui publicadas, salvo alguma referência em particular, são retiradas da internet. Agradeço que me informem, via e-mail, caso alguma esteja protegida pelos direitos de copyright. Retirá-la-ei de imediato.

Almost all pictures posted here are taken from the internet. If you have copyright over any of them, send me an e-mail and I will take it out.

RegistoCriativo Copyright 2008 Shoppaholic Designed by Ipiet Templates Image by Tadpole's Notez