10 de agosto de 2010

Quem não quer ser lobo...não lhe veste a pele... não será assim?

Dou por mim, algumas vezes, a analisar comportamentos e outras situações caricatas que presencio e estou convicta de que as outras pessoas deverão fazer o mesmo.
Ontem fui forçada a interroper as minhas férias por questões profissionais. No trajecto para o meu local de trabalho, deparei-me com uma situação igual a tantas outras que tenho visto. Pensei para mim própria... ou eu estou a ficar velha ou há algo de errado com estas pessoas.
À minha frente, na zona do Marquês de Pombal caminhavam duas raparigas. Passo apressado. Eram 9 horas da manhã. Dirigiam-se para o emprego, presumo eu. Até aqui nada de anormal. O que me pareceu pouco apropriada foi a indumentária das pequenas... se as meninas não eram estas... eram muiiito parecidas...

Usavam mini-saias que mais pareciam cintos  e traziam vestidas umas blusinhas xxs que as deixavam com as mamocas literalmente de fora.
Se fosse ao final do dia até poderia pensar que as pequenas trabalhavam para os lados do Intendente. Mas não, era de manhã.
E lá fui eu a pensar naquilo... será que trabalham numa sapataria? Numa pastelaria? Num supermercado? Mas não deve dar jeito nenhum mostrar sapatos, servir chás e bolinhos e arrumar produtos nas prateleiras de um supermercado naquela figura... Digo eu!
E quando o chefe/patrão as chama? Recusam-se a aparecer em frente ao senhor? Levam uma caixa de sapatos para pôr à frente (ou atrás, sei lá!)? Uns scones? Uma couve portuguesa? 
Confesso que  não sei como não me dá um piripaque! Oh God! Muito sinceramente creio que para tudo, na vida, deve existir um pouco de bom senso.
Se eu decido ir até à praia, não vejo nada de mal em usar uns calções, uma mini-saia ou um vestido curtinho. 
Aliás, parece-me que, na praia, ninguém repara nisso. Deverei, contudo, ter o cuidado de levar uns chinelos ou umas sandálias rasteiras e apropriadas. NUNCA uns sapatos de salto alto!
Tenho consciência de que, se o fizer, ponho-me a jeito para ouvir umas "bocas foleiras".
Agora, para andar no dia-a-dia e principalmente para trabalhar...CONVENHAMOS! Haja compostura!
O mais engraçado e que não tem piada nenhuma é que depois levam os dias a queixar-se de que os homens mandam bocas ordinárias e tratam-nas como objectos sexuais... vá-se lá perceber!
Ocorreu-me agora outra situação. Será que as ditas raparigas iam para a faculdade? Também pode ser provável... Ai, eu acho que os professores e os coleguinhas devem adorar!!! Devem estar atentos a tudo menos às matérias abordadas durante as aulas... ;)))

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Imagens/Pictures

Todas as fotografias aqui publicadas, salvo alguma referência em particular, são retiradas da internet. Agradeço que me informem, via e-mail, caso alguma esteja protegida pelos direitos de copyright. Retirá-la-ei de imediato.

Almost all pictures posted here are taken from the internet. If you have copyright over any of them, send me an e-mail and I will take it out.

RegistoCriativo Copyright 2008 Shoppaholic Designed by Ipiet Templates Image by Tadpole's Notez