5 de janeiro de 2011

Porque até para nascer, é preciso ter sorte!

Confesso que depois de ter lido o texto que recebi por e-mail, relativo a um registo efectuado por um professor (vide o meu post intitulado "Diário de um professor"), fiquei a magicar sobre aquele e outros assuntos com ele relacionados.
Tenho a noção de que há imensos jovens que se lamentam, por terem de estudar. Consideram-se uns infelizes. Bem lá no fundo, acreditam que são umas vítimas. Os pais são uns chatos. Porque estão permanentemente a perguntar se têm os estudos em dia e se precisam de ajuda. Alguns, até explicadores disponibilizam aos filhos.
Deixo aqui um apelo aos mais novos. Aos que tiverem acesso a esta mensagem.
Gostaria que pensassem na quantidade de meninos e meninas que, espalhados por todo o mundo, davam tudo para ter a vossa vida. Por mais simples que possa parecer-vos. Para ter uma família e uns pais que se preocupassem minimamente com eles. Refeições quentes servidas várias vezes por dia, as roupas que gostariam de usar. Alguns deles nem estudar podem, apesar de querem muito fazê-lo!
Sabem, por vezes, até para nascer é preciso ter sorte e alguns deles, não sabem o significado dessa palavra. Pensem nisso! E sejam felizes...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Imagens/Pictures

Todas as fotografias aqui publicadas, salvo alguma referência em particular, são retiradas da internet. Agradeço que me informem, via e-mail, caso alguma esteja protegida pelos direitos de copyright. Retirá-la-ei de imediato.

Almost all pictures posted here are taken from the internet. If you have copyright over any of them, send me an e-mail and I will take it out.

RegistoCriativo Copyright 2008 Shoppaholic Designed by Ipiet Templates Image by Tadpole's Notez